Módulos Protheus

Importação de Pedido de Compras TOTVS Protheus

Escritor por Vinícius Gregório

 

Este artigo é um tutorial sobre um dos aspectos importantes do módulo de compras do TOTVS Protheus: a Importação de Pedidos de Compras para o Documento de Entrada. Essa funcionalidade facilita muito o trabalho de digitação de documentos de entrada e poupa tempo precioso da equipe responsável pela entrada das notas.

 

Lembrando que cada cliente pode utilizar partes diferentes dos módulos, dependendo da estrutura disponível e da necessidade de cada um dos processos. Ou seja, não são todos os clientes que utilizam as partes de Solicitação de Compras, Cotações, Pré-Notas, enfim. Cada caso é um caso, cabendo ao analista encontrar a melhor forma de implementar os processos necessários 😉

 

Importação de Pedido de Compras

 

Vamos analisar um cenário comum: ao final do processo de compras, o usuário responsável pelo input dos documentos de entrada recebe a nota fiscal do fornecedor e deve incluir essas informações no sistema através do cadastro dessa nota. Caso a empresa utilize os pedidos de compras durante o processo, podemos importar diretamente os itens da nota à partir do pedido para esse fornecedor.

 

Para isso, cadastraremos dois pedidos de compras em Atualizações > Pedidos > Pedidos de Compras.

 

caminho-pedido-de-compras

 

Dois pedidos de compras porque a funcionalidade de importação de pedidos de compras está disponível tanto para a Pré-Nota de Entrada quanto para o Documento de Entrada, ambas utilizando as tabelas SF1 e SD1.

Fique atualizado, É GRÁTIS!
Cadastre o seu endereço de e-mail e fique por dentro de todas as atualizações da AcademiaERP.
Não enviamos spam.

Pré-Nota de Entrada

 

Com os pedidos já criados, começaremos pela importação para a pré-nota de entrada. A pré-nota de entrada consiste do registro básico das informações necessárias para a entrada da nota, sem a necessidade da classificação dos dados fiscais, contábeis e financeiros.

 

Acessamos o cadastro de Pré-Notas em Atualizações > Movimentos > Pré-Nota de Entrada. Após, selecionamos a opção Incluir.

 

caminho-pre-nota-de-entrada

 

Na tela de inclusão, preenchemos corretamente os campos Tipo da Nota, Form. Prop., Número, Série, Dt. Emissão, Espec. Documen. e UF. Origem.

 

cabecalho-pre-nota-entrada

 

O ponto importante nessa etapa do cadastro é o campo Fornecedor e Loja. Devemos selecionar o fornecedor do Pedido de Compras criado anteriormente.

 

selecao-fornecedores

 

Com o cursor posicionado na grid de produtos, selecionamos a opção Item Ped. no menu de Ações Relacionadas. Essa tela nos trás cada um dos itens dos pedidos de compras em aberto para esse fornecedor.

 

selecionar-pedido-de-compra-por-item

 

Com as informações do item do pedido de compras, o usuário pode preencher automaticamente cada um dos produtos contidos na nota recebida do fornecedor.

 

Outra forma de carregar o pedido de compra é importar todo o pedido (não item a item) ou múltiplos pedidos. Para isso, ao invés de selecionar a opção Item Ped., o usuário pode selecionar a opção Pedido.

 

selecionar-pedido-de-compra

 

Ao selecionar essa opção, o usuário pode selecionar diversos pedidos de compras e importá-los diretamente para o grid de itens.

 

Documento de Entrada

 

O processo de importação para o Documento de Entrada é extremamente parecido com o da Pré-Notas de Entrada. A diferença nesse caso é a própria natureza da rotina, onde o documento de entrada contém informações apuradas para os aspectos financeiros, fiscais e contábeis.

 

Para acessar a rotina, vamos a Atualizações > Movimentos > Documentos de Entrada e clicamos em Incluir.

 

Novamente, preenchemos os campos do cabeçalho nos atentando a informação de Fornecedor e Loja. Após preenchermos todo o cabeçalho, selecionamos a opção Item Ped. no Ações Relacionadas e, um a um, importamos os itens do pedido restante.

 

resultado-grid-importacao

 

Da mesma forma que podemos importar o pedido inteiro na Pré-Nota de Entrada, também podemos utilizar essa opção no Documento de Entrada 🙂

 

Conclusão

 

Essa simples dica de funcionalidade é muito importante, tanto para o usuário que pode aumentar sua eficiência na utilização do módulo, quanto para o analista que pode utilizá-la para aumentar as possibilidades de capacitação dos usuários de seus clientes.

 

Para finalizar, o artigo e sanar quaisquer dúvidas sobre o processo, colocamos um vídeo sobre o tema abaixo:

 

 

Um abraço e até o próximo artigo!

 

Sobre o Autor

Vinícius Gregório

Tecnólogo em análise de sistemas da informação pela Faculdade IBTA (SP), empreendedor da área de TI e consultor Protheus especializado em desenvolvimento AdvPL. Trabalhou em diversos projetos com os módulos de Compras, Estoque/Custos, Faturamento, Contabilidade Gerencial, Field Service/Gestão de Serviços, Financeiro, Gestão de Contratos e Gestão de Projetos. Atua também como desenvolvedor de sistemas web e é usuário fanático de sistemas e softwares open source... (vinicius.gregorio@academiaerp.com.br)

1 comentário

Deixe um comentário

Dúvida?